Como eu disse no post Anterior, dia 24 e 25 de julho deste ano eu fui a Ilha Grande com o pessoal da Life Sub, primeira vez que eu mergulhava com os caras, apesar de já ter mergulhado uma vez com o Rodrigo Maichak que é um dos sócios, como toda a empresa nova eles ainda estão estruturando a operação, o que fez a  gente viajar num microônibus daqui até Angra dos Reis, e o motorista era um figura! Mas se o banco era apertado a gente conseguiu se divertir a viagem inteira, e eu que já era velho de guerra da viação cometa, indo e voltando de S.J. do Rio Preto no tempo de faculdade, consegui dormir uma boa parte da viagem.

A pousada que os caras arranjaram era muito legal, não que a gente passe muito tempo na pousada, mas ar condicionado no quarto é essencial, sem contar que para a Ilha Grande até que tinha pouco mosquito, nota pessoas se for para este local leve repelente,  o barco era grande e tinha escadas bem confortáveis para subir de volta, meu uma das melhores plataformas que eu já vi, não que eu ligue muito que até pela amurada de boreste eu me joguei para não ter de esperar os outros, mau costume que eu peguei com a Analígia no curso de Rescue.

Mas uma coisa foi digna de nota, foi o pior mestre de embarcação que eu já vi, perdi as contas de quantas vezes o cara errou a ancoragem, no nosso primeiro mergulho tentaram 3 vezes no primeiro ponto, e disseram que conseguiram, quando desceram para amarar a poita o barco se soltou e foi o fim de semana todo assim.

Mas eu não posso reclamar dos mergulhos, foram excelentes. Parabéns pro Maichak que se continuar assim tá no caminho certo, só precisa acertar algumas arestas, mas coisa normal para todo o início de empreendimento.

Bem algumas fotos no meu flickr

Anúncios