Essas eleições estão me deixando pasmos, antes de mais nada eu quero deixar claro VOTO DILMA 13, mas o que me preocupa é o que virou essa disputa, em primeiro lugar achei legal os 3 candidatos principais, Dilma, José Serra e Marina Silva, sendo que dos 3 só a Marina nunca teria um voto meu, não voto em pessoas que se guiam pela religião para assuntos de política, pois acredito em estado laico.

O Serra é um cara que tinha meu respeito, ele que foi demitido como ministro do planejamento quando tentava conter os arroubos do Pedro Malan, ex-ministro da economia do FHC, quando dizia que o plano Real era capemga de uma política de desenvolvimento e de aquecimento de consumo. Esse era o Serra que teria meu voto, não hoje.

A Dilma tem meu voto porque representa uma gestão que se preocupou com a economia como um todo, mercado interno, produtivo, incentivos a micro e pequenos empreendedores etc. E eu acho que esse é o projeto é o correto. Simples assim.

Agora essa eleição virou uma coisa medieval, a Dilma tem Erenice, o Serra os vampiros, seu secretário-executivo quando ministro da Saúde tava envolvido no caso dos Vampiros e das Ambulâncias superfaturadas que a PF pegou na primeira gestão do Lula(2003-2006), vamos falar de mensalão pro PT, o PSDB não pode esquecer  os escândalos do Eduardo Jorge e das malas de dinheiro no processo de privatização.

Tirado os bodes na sala, eu imaginei que ambos iam debater programa de governo, mas não estão debatendo religião, um candidato vem com uma porra de um lema, o candidato do BEM, o Brasil virou etérnia? O Serra se acha o He-Man. Eleição não é maniqueísmo de Bem contra o Mal é disputa de projeto.

Se o Serra de 96 teria meu voto, esse tem o meu nojo e desprezo, usar o nome de Jesus Cristo em eleição é heresia, o segundo mandamento é bem claro “Não usarais o meu santo nome em vão”, a disputa de uma eleição é uma questão dos homens, não de Deus, o que está se fazendo é colocar a religiosidade como fator. Quem fez isso muito bem no Passado foi a UDN, representada até hoje no Brasil pelo DEM, que convocou a Marcha da Família com Deus pela Liberdade e que deu na ditadura militar, da qual o Serra fugiu como um moleque.

Meu voto sem mantém em Dilma, pelo seu programa, mas não iria pelo Serra pelo meu medo do medievalismo que ele está representando

Anúncios