Queria poder escrever em versos a sensação
Do teu olhar repousando sobre o meu semplante
Um brilho tão sincero de paixão
Que só tua alma me garante

Suas palavras, seus gestos, seu beijos
Tudo tão belo
Tão singelo
Como nunca achei antes verdadeiros

Já beijei outras bocas
Mas na sua achei verdades
De amor de pessoas loucas
O suficiente pra construir realidades

Seis meses se vão
E espero que vire uma coleção
De décadas que virão

Maísa gostaria de expressar
O quanto te agradeço por me amar
Por me respeitar
Ao invés de me usar

Se eu pudesse te dizer
O quanto amo você
Não haveria glossário suficiente
Entre todo o povo e toda gente

Seis se vão
E nossas vidas virão

Anúncios