Meu pai sempre me ensinou que haviam algumas coisas inevitáveis na vida, o dia acaba, a noite cai, as coisas dão errado, você perde aquilo que você mais presa. Você vai chorar, sofrer desacreditar, mas o que vai definir o seu caráter é o que você faz quando parece que o mundo todo virou as costas pra você.

É justamente quando você sente vazio, sem forças, sem esperanças é que você sabe quem você é. Eu não vou dizer que eu aprendi isso da maneira mais difícil, apesar de sentir isso, porque apesar de todo o egocentrismo típico do ser humano eu não acho que eu tive a mais difícil das vidas. Eu caí sim, mas levantei sempre.

E essa é a reflexão de hoje, quando sonhamos algo, podemos realizar a grande diferença entre quem realiza um sonho e quem não realiza está em quem é capaz de não parar de tentar, muitas vezes parece que é impossível, que você já fez de tudo, mas ai que está quando você fez de tudo você realiza esse sonho.Eu já me empei de realizar as coisas que eu queria, colocando a culpa nos outros, mas eu escolhi fazer tudo o que eu fiz. Se foram as escolhas erradas, eu tenho de aprender com elas e não repetir o mesmo erro.

Digo isso uma semana depois que uma coisa que eu queria para mim se realizou, eu finalmente me tornei instrutor de mergulho, e isso me mostrou que eu ainda posso fazer mais. Foram quase 3 anos de dedicação, eu sei o que eu sacrifiquei e o que eu perdi, os momentos que eu estive longe de quem eu gosto, mas que eu pude voltar a acreditar em mim mesmo.

É na água que a minha vida faz sentindo, quando eu só tenho de respirar e procurar peixinhos, e fazer bolinhas. Um ano e pouco atrás eu estaria dividido, mas as situações da minha vida me deram a oportunidades de acabar com a divisão. De retirar tudo que me roubava o foco no que eu queria para mim do meu amigo, falsas amizades, preocupações ridículas, pessoas inferiores.

Agora encerrando esse ciclo da minha vida eu já começo a pensar no outro.

Porque eu não acho que o futuro reserve nada para mim, mas que eu o Faço como eu escolho.

Anúncios